SIGA

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

POSTS RECENTES: 

15.05.2019

08.04.2019

03.04.2019

Please reload

Somos juizes de nós mesmos, e também podemos ser o amor

   Este final de semana assisti o filme " A Cabana", minha mãe já havia lido o livro, e assistimos o filme juntos, e foi incrível.

Para mim, o momento mais marcante do filme me trouxe uma grande reflexão. Passamos a vida nos julgando, e em algum momento nos fizeram acreditar que esse era Deus.

   Mas quando falamos do infinito amor das divindades, não há como medir o tamanho da compaixão que o universo tem por seus filhos. É como um pai que prefere estar doente no lugar de um filho.

   Esse é o amor incondicional de Deus. Ele está com você na abundancia ou na escassez, em hipótese nenhuma ele ou ela te abandonariam, porque não há erro maior que a compaixão de uma mãe, de um pai por um filho.

 

  E a partir deste olhar de compaixão simples, pude me libertar um pouco mais do julgamento que tenho comigo mesmo, permitindo e me abrindo para a liberdade da verdade que se instala em meu Ser. Começando a experienciar esse amor incondicional que só eu posso ter por mim, e pela minha essência. 

   Sou grata as mensagens sutis e belas que recebo do universo. Seja como elas vierem, estarei sempre atenta para receber cada um destes presentes. Regando dia a dia a flor que nasce da verdade do meu coração.  

 

 

 

Please reload

© 2019 por Flavia Oliveira. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Social Icon